Devolva a Mãe do Deodoro

0
32

Meu pai amado. Meu glorioso e bem-humorado pai. Se estivesse comigo agora o que diria sobre mais essa crônica fluminense. Risível não fosse trágico, principalmente para os Deodoro. Sequestram dona Paulina da Fonseca, mulher de cadeiras e ancas fortes, pariu 10 filhos, e um tornou-se o primeiro Presidente Constitucionalista do Brasil.

Na época da proclamação da República, nosso país recebera em sua certidão de nascimento a alcunha de Estados Unidos,não é chique? Talvez se mantivéssemos o nome, ao menos isso, não sofreríamos rubores constantes nesses dias de hoje, mas enfim políticos são políticos.

Mas o assunto aqui é Dona Paulina, furtivamente levada, nos arroubos de seus 400 quilos de bronze e 2 metros de altura, ninguém foi visto, nem se sequer o rastro dos cheiros dos elementos fora sentido. A situação está tão estrambótica que nem mesmo sua ausência fora percebido pelos transeuntes da Praça Paris na Glória.

Quer saber! Se foi percebido, que diferença faria nas alturas do campeonato, ninguém liga mais, afinal de contas o preço da gasolina ultrapassou os cinco reais e o dólar já estourou 3 pontos 50.

Desculpe dona Fons

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui